Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a alma da flor

a alma da flor

Vai passando, tudo passa, até o desassossego.

25.08.15 | DyDa/Flordeliz | ver comentários (5)
  Eramos três, qual concerto de cordas afinado. Um tocava para aqui e os outros, tocavam sempre para o mesmo lado. Se por acaso uma nota fugia ou corda se partia, nem assim, se notava que o caldo podia ficar entornado.   Eramos…   Este tempo verbal que custa a aceitar (...)