Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a alma da flor

a alma da flor

Mãe sofre...de calor e ansiedade!

18.07.08 | DyDa/Flordeliz

Hoje à hora do almoço o meu miúdo parecia um Papagaio. De manhã tinha feito o último exame. Sentia-se livre que nem passarinho.

 

Em pé de conversa, comunicou: De tarde vou ver os avós (maternos).Fiquei a sorrir de orelha a orelha mas só para mim não vá o pai ver.
E lá foi o rapaz todo contente!
Passados alguns minutos, sinto umas tremuras no bolso e atendo o telefone onde via a sua cara ”laroca” e oiço:
- Olha mãe tive um acidente! Não sei o que fazer?!
Ups…
 "Flor" mantém a calma, o teu filho precisa de ti.
- Que aconteceu? Onde estás? Está alguém ferido?
- Não mãe! Um Senhor idoso esqueceu-se de travar e deu-me cabo da traseira. Acho que o carro não anda pois faz barulho.
Estou em “xpto”, se pudesses cá passar, é que eu não sei como tratar do assunto da “papelada”!
Pronto são só 19 aninhos e eu também ficaria nervosa, mas na escola de condução, deviam ensinar aos meninos, que não é só pegar no carro, meter gasolina e carregar no pedal.
- Há acidentes! Furos! E outros contratempos!
Primeiro: Largar o meu trabalho (azar).
Segundo: Enfrentar o Sol do Verão (sou flor de estufa).
Quando cheguei ao local, o calor estava insuportável. O Senhor era mesmo idoso (lento). Ia pegar ao carro dele um documento de cada vez. O Sol a queimar, as costas a escorrer, o homem a lamentar-se da sorte pois tinha batido há poucos dias, e tinha medo de participar ao seguro.
 A cabeça a arder, as pernas a arder, os braços a arder. À volta nem um ramo de uma planta para fazer sombra, nada!
- Que situação!
Eu “tenho pena” mas preciso do carro para trabalhar! Há que arrumar o assunto ou morro que nem frango no espeto. (Por falar em frangos o senhor tinha mesmo frangos na bagageira, não tive coragem de perguntar se vivos ou mortos!!)
Ufa!!!Ufa!!!Ufa!!!
Minha rica casinha que eu estava tão fresquinha e ia morrendo sem ter participado no acidente!
Dizem que: “Quem tem filhos tem cadilhos”
No entanto: “Quem não tem, cadilhos tem”
Mãe sofre... E pai também!
Ainda bem que ninguém se magoou, o resto...o resto é chapa e essa ainda tem cura!

5 comentários

Comentar post