Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a alma da flor

a alma da flor

Incertezas quem as não tem?

27.06.08 | DyDa/Flordeliz

                                                                                                                            Imagem telemóvel

 

Há dias em nossas vidas que nos perdemos em solidão.

 

Há dias em que os únicos sons que deciframos são os lamentos do nosso coração.
E sempre haverá dias assim, em que a alma chora o momento que ficou preso ou espalhado pelo tempo!
Pelo que foi, pelo que é, pelo que poderia ter sido, ou pelo que nunca será?
E é nestes momentos de nostalgia e saudade em que a dor e a tristeza nos faz sucumbir, que ficamos a pensar...
Será que vale a pena o esforço de manter em equilibrio "os pratos da balança" ao longo da nossa vida?

Se olharmos com atenção a natureza

O Sol e a Lua quase nunca se encontram

E mesmo assim todos os dias brilham

E iluminam os nossos dias de beleza

4 comentários

Comentar post