Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a alma da flor

a alma da flor

Depressões e precipitações...

19.02.08 | DyDa/Flordeliz

Hábitos são acções, pensamentos ou expressões que vamos adquirindo e repetindo ao longo do tempo. À medida que os vamos repetindo, e que eles se vão entranhando mais e tornando-se cada vez mais nossos, acabam por passar a fazer parte de nós e a ser nossas “imagens de marca” e “cartões-de-visita”. Eu, por exemplo, costumo ao acordar pela manhã chegar à cozinha e ligar a televisão para ouvir as notícias.

Hoje enquanto tomava o meu café, discutia-se sobre o tempo para hoje e qual o motivo da quantidade invulgar de precipitação (chuva) que caiu durante a noite e o dia de ontem em Lisboa. E a meteorologista junto ao mapa lá ia explicando tecnicamente o porquê do sucedido.

Não era notícia que fosse nova  (ontem fartamo-nos de ver reportagens e até programas sobre o tema), por isso não estava a prestar muita atenção. Até ouvir a seguinte frase:

- A chuva … “deve-se à depressão do tempo… ”

Alto lá!!! DEPRESSÃO DO TEMPO?! ?!

Num ápice assolou-me à cabeça: “ então agora até o tempo tem destas coisas”?!

É verdade que andamos todos por aí murchos e com cara de quem comeu e não gostou. Mas eu julgava que o motivo era o desemprego, a falta de dinheiro, a política, os amores e desamores, problemas familiares… Tudo menos uma explicação tão simples como a que eu ouvi…

Meus amigos, temos que unir esforços no sentido de curar esta maleita que afinal é de todos!

Saia um “Xanax” em pó à escala mundial!...

Abaixo as depressões!

Abaixo os vendavais!

E as catástrofes!

E, já agora, tudo que é mau!!!

 

Ok! Ok! OK! Já chega…Passei-me! Eu sei!

1 comentário

Comentar post