Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a alma da flor

a alma da flor

Que dizer...

16.12.07 | DyDa/Flordeliz

Vejo no teu olhar perdido, o verde transformar-se em gotas, que teimam em escorrer como se pingos de orvalho fossem, confundindo-se, com os reflexos do sol ao início da manhã.

 

Vejo no teu olhar a incerteza, do que foi feito, o que deveria ter sido, e o que tens de fazer.

 

Vejo as dúvidas, que assaltam o teu espírito, e o cansaço do caminho percorrido e tantas vezes por compreender.

 

Se precisares de mim, estou aqui.

A minha mão apoia a tua.

Os meus olhos sorrirão para os teus.

E os meus braços abrir-se-ão para te receber e deixar cair a tua cabeça em meu ombro se te sentires cansado.

 

TU SABES QUE SIM! SEMPRE!