Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a alma da flor

a alma da flor

É a foto... ou quem vê... o enigma?!

29.11.11 | DyDa/Flordeliz

Como se vão apercebendo as minhas fotos são de momentos do dia-a-dia. Sem premeditação ou grande elaboração de cenários ou modelos.

Quando algo me prende os sentidos e a máquina está à mão - sai o clic.

 

No caso desta fotografia despertou-me o lago, o barco em movimento, a envolvência das árvores pintadas de Outono e a beleza das cores (rosa da menina, azul do menino), mas principalmente a destreza e cumplicidade na condução da pequena embarcação, ora sendo a menina nos remos, ora o menino, numa partilha que me pareceu familiar.

 

Estava tão distraída a acompanhar a cena que não pensei a quem pertenciam as "crias" ou mesmo se o "dono" estaria por perto…

 

Tenho uma norma que tento seguir na escolha das fotos na hora de as publicar – primeiro eu gostar - não expor em demasia a identidade se há pessoas que não conheço (tenho ainda mais cuidado, se tratando, de crianças).

 

Óbvio que os pais não sabiam quem sou e muito menos qual o intuito a que se destinavam as fotos e, como tal, não gostaram da minha audácia - nem um pouquinho.

E foi por isso que o pai dos miúdos, parecendo ser uma pessoa atenta e cuidadosa, se aproximou e, com educação, me alertou e demonstrou o seu desagrado.

 

E se na altura fiquei qual criança a quem lhe retiram um doce da boca, compreendi que o senhor tinha toda a razão e direito de o demonstrar.

Como teve oportunidade de expressar: Nunca sabemos qual o fim a que se destinam as fotos e cada vez mais há que proteger e ter cuidado, basta ver o que se passa com a internet. Devemos proteger cada vez mais os nossos filhos. Até porque não sabemos quem está do “outro lado”.

 

Depois de ver as imagens desse dia, fotos que tirei no Bom Jesus em Braga, escolhi ,entre outras, esta porque como dizia a Manu “parece uma cena de um filme de aventuras", para além de que não retirava a privacidade a nenhuma das crianças, e porque pessoalmente gostei da imagem para ilustrar as palavras que tinha escolhido.

Foi com alguma curiosidade que vi o comentário do Jorge:fui eu o único que reparou que há algo de muito errado na fotografia?”.

 

Lá fui ver de novo se a foto estava torta, manchada, ou algo que me tivesse escapado. Bem perguntei o que pretendia dizer com o comentário, mas não fui feliz - fiquei sem resposta!

 

É por isso que me lembrei de vos pedir ajuda.

 

O que há de errado nesta foto?

 

Podem acabar o filme de aventura da Manu.

Ou simplesmente descobrir o erro que o Jorge encontrou na foto ou no enredo da mesma.

 

{#emotions_dlg.blueflower}

3 comentários

  • Imagem de perfil

    DyDa/Flordeliz

    30.11.11

    Pois, mas para ele há!

    O Jorge é um "venenoso"
    Vamos lá ver se ele nos conta...
  • Imagem de perfil

    Ametista

    30.11.11

  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.