Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a alma da flor

a alma da flor

Mais uma vez: Sá Pinto e as cenas de pugilato!

21.01.10 | DyDa/Flordeliz

Fiquei surpreendida quando Sá Pinto assumiu o cargo de director desportivo no Sporting. Não me parecia a pessoa certa ou com o perfil indicado para a tarefa. Sempre que a TV o focava nos jogos me fazia recordar a triste cena de pugilismo com o então seleccionador nacional Artur Jorge e Rui Águas e que o levou entre 1997 e 1998 a ficar impossibilitado de jogar.

Era um jogador que eu admirava dentro das quatro linhas. Fiquei com pena na época que tivesse estragado a carreira sendo ainda muito jovem e numa fase boa da carreira em que parecia estar a sair-se bem, não percebi bem a reacção (se é que se tem de perceber ou desculpar alguém que se desloca propositadamente a um campo para dar uma tareia?!...).

Portanto a noticiaSá Pinto e Liedson agridem-se no balneárioacabou por não me deixar espantada.

Quem tem sangue quente, quem reage na base do tira teimas e da “lambada” mais dia, menos dia o seu feitio explosivo acaba por o trair. Já deve ser difícil controlar os nervos durante os 90 minutos ainda aguentar a pressão da massa associativa para depois dar uma imagem aos colegas daquilo que nunca conseguiu ser – apaziguador.

 

P.S.: Liedson alvo de processo disciplinar 

Pensavas que ias passar  de "levezinho"?...

Se tens culpa no cartório, toma lá castigo, para aprenderes que futebol é desporto não um campo de batalha.

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Carlos

    22.01.10

    Discordo completamente de si... o Liedson só errou quando não foi saudar os adeptos, mas não o censuro porque realmente errar é humano e aqueles adeptos que começaram a reclamar esquecem-se que também são humanos... o Sá Pinto pelo contrário, em vez de ter uma atitude decente e digna de um director desportivo, ainda mandou bocas ao Liedson (algo como "tens a mania que mandas na equipa"), não defendeu o Rui Patrício, pelo contrário, ainda o censurou pela abordagem que fez ao lance (claro, aquele relvado é uma maravilha...), e para não variar, ainda foi ele que começou com a cena de pugilato... portanto meu caro, 3 erros do Sá Pinto e 1 do Liedson... o Sá Pinto pode até ter mais dedicação ao Sporting (pelos vistos, mais pelos adeptos que os próprios companheiros de equipa), mas não fez nem metade do que o Liedson fez dentro do campo... o Liedson ganhou fama e respeito pelo que fez dentro das quatro linhas, o Sá Pinto ganhou má fama e perdeu o respeito pelo que fez fora das quatro linhas... e assim pergunto, qual deles deu mais ao Sporting? Não basta "garra", é preciso demonstrar trabalho.
    Já agora, escrever em Caps Lock é má educação.
    Cumprimentos.
  • Imagem de perfil

    Rotiv

    22.01.10

    Aceito e compreendo a sua discordância em relação a minha simples opinião ,é assim que tem que ser ,não necessitamos de chegar a vias de facto por isso ,um abraço .
    Tem razão não reparei o tipo de letra nem a sua forma no qual escrevi ,não o entenda como prepotência ou má educação apenas por um mero descuido.
  • Sem imagem de perfil

    Carlos

    22.01.10

    Claro, isto não passam de discussões saudáveis, algo raro hoje em dia no mundo, mais evidente na própria Internet...
    Entre linhas, só quis deixar claro dois pontos que o Sá Pinto falhou redondamente: o companheirismo que se deve ter pelas pessoas que conhecemos e prezamos (neste caso, o Rui Patrício) e não por simples grupos com alguma influência (adeptos em geral) que nem sequer conhecemos, e as atitudes apaziguadoras e imparciais que alguém com cargos elevados deve sempre ter.
    Cumprimentos.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.