Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a alma da flor

a alma da flor

Vai e vem...vai e vem!....

21.09.09 | DyDa/Flordeliz

 

A tristeza vai e vem como as ondas e as marés
Bate forte bate bem enfraquecendo quem és.
 
Envolta na branca espuma num redemoinho feroz
Duma lágrima se faz vaga que vai deslizando veloz
 
Eis quando por fim a maré começa a vazar
Permanecendo tinhosa a bruma em ficar.
 
Porque ficas por aqui, não há mais mar a percorrer?
Meus olhos estão já cansados e fartos de te ver!
 
És feia, negra e grosseira. És cruel. Não gosto de ti.
Afasta-te da minha beira. Não quero saber de ti.
 
Parte tristeza amarga, vai repousar em mar bem fundo.
E quando amanhecer, rasga um sorriso (ao mundo) à vida! 
 

 

4 comentários

Comentar post