a alma da flor
30
Set 07

 

O Verão despediu-se de mansinho.

Aos poucos quase a medo o Outono

tomou conta da estação que lhe pertence.

As manhãs estão frias e húmidas.

As noites suplicam a manta

 guardada no armário.

Há uma melancolia "especial" no ar.

O Sol desperta preguiçoso.

As flores vão perdendo o brilho.

As cores vão mudando rapidamente

adquirindo uma tonalidade

de amarelo acastanhado.

As formigas correm "loucas"

procurando alimento para o

Inverno que se avizinha.

E nós aos poucos vamos

mudando o vestuário

adaptando-o a esta estação

 que afinal é apenas de Transição.

Gosto imenso destas cores

Que sendo melancólicas

Também são lindíssimas.

 

 

publicado por DyDa/Flordeliz às 01:07
sinto-me: em mudança
24
Set 07

 

 

"Os céus não teriam Estrelas

As manhãs não teriam Orvalho

As Primaveras não teriam Flores

A Inteligencia não teria Sabedoria

A emoção não teria Poesia"

 

- Nós seriamos o público de um palco vazio!

publicado por DyDa/Flordeliz às 02:07
sinto-me: a divagar
música: The Cranberries - Imagination
24
Set 07

"Há muitos que sonham, mas são poucos aqueles que têm a coragem de pagar um preço elevado para concretizar os seus sonhos"

 

 

 

publicado por DyDa/Flordeliz às 01:23
sinto-me: Introspecção
música: The Cranberries - DREAMS
18
Set 07

                         

 

"Teu amigo é alguém que

sabe a canção do teu coração

e pode cantá-la quando

tu tiveres esquecido a letra"

publicado por DyDa/Flordeliz às 10:50
sinto-me: Dificuldade em acordar
18
Set 07

publicado por DyDa/Flordeliz às 02:18
sinto-me: só!?...
música: Vanessa da Mata - não me deixe só
tags: ,
18
Set 07

 

 

"Quando a luz é intensa, antes de iluminar o caminho ela ofusca os olhos"

publicado por DyDa/Flordeliz às 01:54
sinto-me: angustiada
música: kelly Clarkson - because of you
tags:
15
Set 07

“Mais uma vez acordei no meio da noite com a sensação que o dia não tinha terminado e me faltava um pedaço de mim.
- Olhei à minha volta. Tentei captar o que me rodeava.
Silêncio…Escuro…A vida!?”
Não é o espaço ou o local silencioso onde nos encontramos, mas o grito de uma alma  vazia, carente, a lembrar que existe, que necessita de atenção, ser ouvida, mimada e alimentada.
Tantas vezes nos questionamos porque estando acompanhados e a sorrir, continuamos interiormente imensamente sós e tristes.
 A luz que acendes na mesinha de cabeceira não ilumina a escuridão e o vazio do teu “eu”.
Há momentos que um frio se apodera do nosso corpo. O ar escasseia, aperta-nos a garganta, enchendo-nos de dúvidas, incertezas e contradições e nem mesmo nos deixa sair a voz para gritar.
Talvez…Porque diariamente a vida corre veloz. E afinal…
O que fizemos! O que poderíamos ter feito? Onde erramos? Qual o melhor caminho? Onde anda a felicidade?
Porque se encontra “ela” a uma mão de distância e não a conseguimos agarrar? Porque? E Porquê?
- A vida é assim, nós fazemos parte dela!
“Não há mal que sempre dure …”

Imagem retirada da Internet

publicado por DyDa/Flordeliz às 17:43
sinto-me: Reflexão
música: Touch Me
07
Set 07

Por momentos, aliviaste o fardo pesado que transportava já sem forças na minha caminhada.

A tua presença, a tua atenção, tocou a minha alma aflita como a brisa que sopra fresca num final de tarde de imenso calor.

Precisava de ti. Da tua voz. Das tuas palavras. Da tua atenção. Da tua mão.

Uma vez mais... ajudaste a transformar a minha melancolia em algo insignificante.

Obrigada por existires. Milhões de vezes OBRIGADA!

 

 

.

        Imagem retirada da Internet

 

Quando olho para esta imagem lembro-me de ti.

Simplicidade, cor, harmonia e também alegria (VIDA) - TU!

 

 

publicado por DyDa/Flordeliz às 16:13
sinto-me: Mais calma
tags:
06
Set 07

Sinto-me sufocar.
Estou farta de não saber porque me sinto assim.
Cansada de viver, cansada de pensar, cansada de não sentir vontade.
Quero desistir, quero desligar.
Tenho medo! Desta força desconhecida que me vai puxando, arrastando e me tenta diariamente.
Sinto vontade de perder. Abandonar a corrida. Cair de joelhos antes do final da meta.
Sinto-me perdida nesta tristeza infinita em que tantos dias mergulho e dos quais cada vez mais tenho dificuldades em me afastar.
Toda a ternura, compreensão e amor que me rodeiam, me vão apertando o peito transformando-o em bomba relógio.
-Eu não encontro o detonador. Sinto que um dia … talvez seja tarde demais para mim e não haverá mais forma de o desligar.
publicado por DyDa/Flordeliz às 15:48
sinto-me: Imensamente perdida
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Histats.com © 2005-2010 Privacy Policy - Terms Of Use - Powered By Histats
últ. comentários
Sim, muito sinceramente, agora as coisas estão bem...
Não lamentes.Não se perdeu grande coisa.Agora muit...
Lamento que tenhas este blogue abandonado...
É muito mais frequente do que parece este tipo de ...
Olá, bem-vinda.Óbvio que temos de ser cuidadosos. ...
Pois, os acidentes acontecem.BFDS
Nunca ninguém pode dizer que não lhe acontece.Todo...
Totalmente de acordo. Não sou mãe, mas entendo que...
Flor, não quis ser intrometida, mas sabendo que es...
Calma Miilay, não se preocupe eu estou bem. Juro.O...
Amiga, será que se desagregou mesmo???Desejo que a...
Momentos...Agarremos os que são bons, os outros......
Na vida nada é eterno ...Até uma boa música ou um ...
Paciente? Eu de facto vou algumas vezes ao médico....
Amigo, és um paciente.Haja pachorra para aturar as...