a alma da flor
10
Fev 13

Este fim de semana assisti a este filme (estranho estar aqui disponível, agora senti-me roubada).

 

Recuso-me a comentar se é bom, se é mau, se tem qualidade, se... porque são "ses" que me passaram ao lado.

 

Fiquei presa ao drama e, de repente, transpus a tela vivenciando em suspense cada minuto.

É IMPOSSÍVEL não ficar preso do início ao fim e, mesmo depois das luzes se acenderem, ainda sentia o corpo tenso e o pensamento preso ao cenário de catástrofe como se a luta pela sobrevivência não fosse deles, mas minha, nossa, ou de alguém que conhecemos.

Perante os caprichos da natureza não somos nada. Absolutamente nada.

 

O cenário de belas palmeiras, mar azul e areia branca era em tudo idêntico aquando da nossa chegada a Cuba. Senti medo do que já passou. Medo e sorte. Sorte por o nosso desfecho ter sido muito mais feliz, muito mais divertido, mas...

 

- E se fossemos nós?

- Não fomos!

- Mas poderia....

 

Naquele cenário de horror e destruição, é praticamente impossível sobreviver, menos ainda lutarmos juntos (em família).

Mas...

- Às vezes o impossível acontece, para o bem e para o mal e das fraquezas fazemos força, e até o nosso medo é palavra de coragem e conforto para aqueles que estão ainda mais fracos do que nós.

 

Impossível é: ficar indiferente.

 

A sala estava lotada. Na fila de trás a juventude ria (talvez escondendo o nervosismo) e falava alto. Não gosto muito, mas suporto, tentando entender que nos excedemos em grupo, especialmente quando somos mais novos.

O que me deixa desiludida é que os jovens achem piada e aceitem que alguns colegas façam soar os intestinos dentro de uma sala de cinema por graçola - isso também me parecia ímpossivel, mas até isso acontece nos nossos dias.

 

Como diria um senhor de idade depois de escutar um jovem que se soltou à sua frente: "Quem o deu, que o coma!" (pensei o mesmo caro senhor){#emotions_dlg.secret}

 

publicado por DyDa/Flordeliz às 18:44
Não sei porquê, mas não consegui visualizar o trailer, mas presumi pelas tuas palavras que se trata daquele filme sobre o tsunami. Verdade?

Por partes. Encontramos a coragem quando menos esperamos. E essa coragem premite-nos vencer e até arranjar força para ajudar.

Quando ao barulho porprocinado por malta jovem.Devo dizer-te que me irrita. Conpreendo até certo limite, mas no caso que contaste acho que o transpuseram.


Bijix e boa semana
golimix a 10 de Fevereiro de 2013 às 20:58
Sim acertaste claro. "estás na onda"
http://www.youtube.com/watch?v=N6W5jbWq_h0

tenta este se tiveres curiosidade.
Boa semana,
DyDa/Flordeliz a 10 de Fevereiro de 2013 às 21:28
Este já consegui ver. Obrigada
Parece forte, de facto.


Bjinhos, e boa semana

golimix a 11 de Fevereiro de 2013 às 15:57
Esses desabafos intestinais e sobretudo em recintos fechados lembram-me sempre o Bocage que assumiu a culpa alheia.
Fazer alarde desses desabafos é mesmo coisa de adolescentes. Se não aprenderam mais do que isso...

Do filme nada sei, a não ser que é o relato do que aconteceu a uma família (creio que) espanhola.
Não é um filme que me "puxe"! E menos ainda imaginar-me em tal situação!
Livra!!!!

Beijos
Kok a 17 de Fevereiro de 2013 às 16:05
Tanto tempo sem uma linha? Parece impossível...

Um beijo e um serão suficientes para incentivar a escrita?
Kok a 2 de Abril de 2013 às 15:46
Fevereiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Histats.com © 2005-2010 Privacy Policy - Terms Of Use - Powered By Histats
últ. comentários
Sim, muito sinceramente, agora as coisas estão bem...
Não lamentes.Não se perdeu grande coisa.Agora muit...
Lamento que tenhas este blogue abandonado...
É muito mais frequente do que parece este tipo de ...
Olá, bem-vinda.Óbvio que temos de ser cuidadosos. ...
Pois, os acidentes acontecem.BFDS
Nunca ninguém pode dizer que não lhe acontece.Todo...
Totalmente de acordo. Não sou mãe, mas entendo que...
Flor, não quis ser intrometida, mas sabendo que es...
Calma Miilay, não se preocupe eu estou bem. Juro.O...
Amiga, será que se desagregou mesmo???Desejo que a...
Momentos...Agarremos os que são bons, os outros......
Na vida nada é eterno ...Até uma boa música ou um ...
Paciente? Eu de facto vou algumas vezes ao médico....
Amigo, és um paciente.Haja pachorra para aturar as...