a alma da flor
29
Nov 11

Como se vão apercebendo as minhas fotos são de momentos do dia-a-dia. Sem premeditação ou grande elaboração de cenários ou modelos.

Quando algo me prende os sentidos e a máquina está à mão - sai o clic.

 

No caso desta fotografia despertou-me o lago, o barco em movimento, a envolvência das árvores pintadas de Outono e a beleza das cores (rosa da menina, azul do menino), mas principalmente a destreza e cumplicidade na condução da pequena embarcação, ora sendo a menina nos remos, ora o menino, numa partilha que me pareceu familiar.

 

Estava tão distraída a acompanhar a cena que não pensei a quem pertenciam as "crias" ou mesmo se o "dono" estaria por perto…

 

Tenho uma norma que tento seguir na escolha das fotos na hora de as publicar – primeiro eu gostar - não expor em demasia a identidade se há pessoas que não conheço (tenho ainda mais cuidado, se tratando, de crianças).

 

Óbvio que os pais não sabiam quem sou e muito menos qual o intuito a que se destinavam as fotos e, como tal, não gostaram da minha audácia - nem um pouquinho.

E foi por isso que o pai dos miúdos, parecendo ser uma pessoa atenta e cuidadosa, se aproximou e, com educação, me alertou e demonstrou o seu desagrado.

 

E se na altura fiquei qual criança a quem lhe retiram um doce da boca, compreendi que o senhor tinha toda a razão e direito de o demonstrar.

Como teve oportunidade de expressar: Nunca sabemos qual o fim a que se destinam as fotos e cada vez mais há que proteger e ter cuidado, basta ver o que se passa com a internet. Devemos proteger cada vez mais os nossos filhos. Até porque não sabemos quem está do “outro lado”.

 

Depois de ver as imagens desse dia, fotos que tirei no Bom Jesus em Braga, escolhi ,entre outras, esta porque como dizia a Manu “parece uma cena de um filme de aventuras", para além de que não retirava a privacidade a nenhuma das crianças, e porque pessoalmente gostei da imagem para ilustrar as palavras que tinha escolhido.

Foi com alguma curiosidade que vi o comentário do Jorge:fui eu o único que reparou que há algo de muito errado na fotografia?”.

 

Lá fui ver de novo se a foto estava torta, manchada, ou algo que me tivesse escapado. Bem perguntei o que pretendia dizer com o comentário, mas não fui feliz - fiquei sem resposta!

 

É por isso que me lembrei de vos pedir ajuda.

 

O que há de errado nesta foto?

 

Podem acabar o filme de aventura da Manu.

Ou simplesmente descobrir o erro que o Jorge encontrou na foto ou no enredo da mesma.

 

{#emotions_dlg.blueflower}

Não consigo ver nada de errado na foto, Flor.. e, como disse a Manu, parece mesmo uma cena de um filme de aventuras..
Gostei muito deste teu gesto, no que toca ao tema que o envolve.

Um beijo amigo :)
Ametista a 29 de Novembro de 2011 às 18:40
Pois, mas para ele há!

O Jorge é um "venenoso"
Vamos lá ver se ele nos conta...
DyDa/Flordeliz a 30 de Novembro de 2011 às 01:56
Ametista a 30 de Novembro de 2011 às 10:09
Bem minha querida a unica coisa errada é que eos miúdos estão a remar contra a maré, ou seja estão virados para a parte de tráz do barco. Mas como ainda nem estão a remar, suponho que para apreciar a paisagem, tanto faz!
Por isso quando comentei não falei disso, afinal os miúdos remam para tr´z e para a frente e para todo o lado...!
De resto nada vejo de errado!
Esperemos que no filme da vida as crianças remem sempre para a frente...
Beijinho
Rosinda a 29 de Novembro de 2011 às 18:44
Também pensei nisso. Mas que diferença faz se vamos em marcha à frente, ou marcha à ré nesta idade???
Vamos esperar. Cá para mim ele está a pregar uma grande partida.
Aguardemos...
DyDa/Flordeliz a 30 de Novembro de 2011 às 01:58


Jorge Soares a 30 de Novembro de 2011 às 00:39
Não me escapas com gargalhadas.
Tens de vir cá ao confessionário...
Malandrão.
DyDa/Flordeliz a 30 de Novembro de 2011 às 01:59
Lendo os comentarios,mesmo asism escrevendo o meu e lendo o da Rosinda(desculpa falar de teu nome)
Acho que Rosinda tem razão, em estarem a supostamente remar contra a mare
Mas se virmos bem as coisas.Os moçoilos viraram se para ver algo atras, ate pq eles estao de costas virados para a frente (nao sei bem o nome, proa?) do barco
Assim sendo a Rosinda da uma logica ao suposto errado de algo na foto
Ehehehe sera assim?
Beijinhos..............
luadoceu a 1 de Dezembro de 2011 às 19:34
Eu nã(o) sei bem...
Eu desconfio... que o Jorge é um grande "pantemineiro" e pregou-me(nos) uma partida.
Mas só ele pode dizer que defeito encontrou, se é que encontrou?!

Confesso que me deixou a pensar e cheguei a pensar pegar na lupa para ver de perto

DyDa/Flordeliz a 1 de Dezembro de 2011 às 21:30
Cá pra mim eu penso que o Jorge, cuidadoso que é com as crianças, achou que era um perigo estarem os dois de pé num barco, sujeitos a dar uma valente cambalhota,,será? continuamos sem resposta, ele só se riu e eu também me junto à boa disposição.

Ps. esperamos cenas dos próximos episódios
sentaqui a 30 de Novembro de 2011 às 01:46
eheheh
Haverá?
Então vou continuar sentada e aguardar pelos novos episódios.
Mas estou em crer que o homem não vai ter coragem. Ou terá?
Aguardemos...
DyDa/Flordeliz a 30 de Novembro de 2011 às 02:01
Bem.. estou a adorar o diálogo..
O que isto deu!!! É saudável..
Ametista a 30 de Novembro de 2011 às 10:02
Qual erro? A fotografia tem um erro? É que se tem deve estar debaixo de água o que me deixa perplexo (*) pois que a ser verdade nem imagino como o Jorge o conseguio ver.
Terá sido antes de ele (o erro) mergulhar?
Fico expectante (*) curioso e algo angustiado para saber a resposta!

Beijos sorrindo e sem erros!

(*) tinha estas duas palavras em stock e pensava que nunca as usaria; agora calhou!
Kok a 1 de Dezembro de 2011 às 17:37
O Jorge é assim. Parece o Paços a tirar Coelhos da cartola.
Enigmas...
Será? Não será?
Na certa é um - talvez seja?!

Tás com veia, tás tás
Beijos com erros? Pois se calhar os há?!
Os meus chegaram aqui doces como os figos algarvios.
para ti.
DyDa/Flordeliz a 1 de Dezembro de 2011 às 21:35
Flor
Ate ver nao vi nada de errado
So talvez alguem mais atento que eu
Mas queria brincar com os dois, tu e Jorge,mas como nao me conhecem bem, muito menos Jorge com quem falo pouco, ou quase nada, eu nao arrisco a brincadeira.
Eheheheheh
Bom feriado Flor
luadoceu a 1 de Dezembro de 2011 às 19:29
Ó mulher podes brincar.
O máximo que pode acontecer é veres uma cara
Mas só pintada, porque nós os dois, somos gente boazita eheheheh
Se te apetece brinca.
Pois tenho a certeza que ele brincou comigo e não foi pouco.
DyDa/Flordeliz a 1 de Dezembro de 2011 às 21:37
Não vejo nada de errado na fotografia amiga...
onda_azul a 7 de Dezembro de 2011 às 21:23
Eu também não vi.
O Jorge é maroto. Queria "pegar" comigo. Só pode!
Ele queria "treta"...
BFDS
DyDa/Flordeliz a 10 de Dezembro de 2011 às 20:58
Então se queria conseguiu Espero que estejas bem

Beijinhos
onda_azul a 13 de Dezembro de 2011 às 19:23
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Histats.com © 2005-2010 Privacy Policy - Terms Of Use - Powered By Histats
últ. comentários
Sim, muito sinceramente, agora as coisas estão bem...
Não lamentes.Não se perdeu grande coisa.Agora muit...
Lamento que tenhas este blogue abandonado...
É muito mais frequente do que parece este tipo de ...
Olá, bem-vinda.Óbvio que temos de ser cuidadosos. ...
Pois, os acidentes acontecem.BFDS
Nunca ninguém pode dizer que não lhe acontece.Todo...
Totalmente de acordo. Não sou mãe, mas entendo que...
Flor, não quis ser intrometida, mas sabendo que es...
Calma Miilay, não se preocupe eu estou bem. Juro.O...
Amiga, será que se desagregou mesmo???Desejo que a...
Momentos...Agarremos os que são bons, os outros......
Na vida nada é eterno ...Até uma boa música ou um ...
Paciente? Eu de facto vou algumas vezes ao médico....
Amigo, és um paciente.Haja pachorra para aturar as...