a alma da flor
17
Mar 11

Conversações. Intrigas. Chantagens. Moeda de negociação. Pressão. Cimeiras.

 

                                                     

Já ouvimos falar nos encontros de Chefes de Estado com o intuito de controlar o confronto nuclear.

Estudamos e escutamos sobre os milhares de mortos causados pelas bombas atómicas que arrasaram Hiroxima e Nagasáqui em Agosto de 1945.

Está, ainda, bem patente na nossa memória os milhares de mortos com a invasão do Iraque. Tinha sido apontado como motivo principal para essa guerra a hipotética produção, e consequente uso, de armas químicas e nucleares por parte do exército deste país.

Todos esqueceram, porém, que há um inimigo comum muito mais forte, imprevisível e que não se sujeita a regras, nem faz contemplações – as intempéries do tempo – a Natureza.

Pensa o homem que controla máquinas. Pensamos que temos tudo programado e estudado. Que o sistema não tem falhas.

Podemos prever até um tsunamipodemos!

 

leonerdowtelles

 

O que não podemos é desmontar em poucas horas o que foi construído ao longo dos anos.

 

No Japão vai acontecendo uma espécie de “ataque nuclear” involuntário.

 

Ninguém accionou o botão. Não há inimigos visíveis a combater. A Natureza assim se encarregou de mostrar quão pequenos e frágeis somos e que a sua revolta vence qualquer arma. Provou que, em caso de caos, todos somos iguais – pobres, desalojados e impotentes.

Cada dia vamos colhendo do que semeamos. Afinal, no caso das centrais nucleares, esta guerra foi feita por nós e contra nós mesmos. A prova é o que está a acontecer e que ainda está longe de chegar ao fim. Há ainda risco, muito risco. E um terrível rasto de destruição que perdurará por longas gerações.

 

 

leonerdowtelles 

Imagens retiradas da internet  

publicado por DyDa/Flordeliz às 23:25
A natureza não é o inimigo.. ela limita-se a estar lá.. nós é que estamos quase sempre a mais. .. e ela encarrega-se de nos lembrar quem é que realmente faz andar as coisas neste mundo que nos fioi emprestado por breves momentos da eternidade.

Esperemos que estas coisas sirvam de lição....

Beijinho e bom fim de semana
Jorge
Jorge Soares a 18 de Março de 2011 às 09:10
Pois não Jorge.
Nós somos como o caseiro que faz obras na casa do senhorio.
Esquecemos que temos o dever de cuidar do que nos foi colocado à disposição mas não somos proprietários.

Vai servir de lição. Serve sempre. Depois...
Tudo volta a seguir os interesses económicos.

BFDS



DyDa/Flordeliz a 18 de Março de 2011 às 10:12
Concordo contigo. Pena que aqueles que acham que manda no mundo se esquecem disso.

beijinhos
Joana a 18 de Março de 2011 às 11:44
E há ainda aqueles que pensam que o mundo é deles.
Mas não é. A prova está no que acabamos de assistir.
Joana tem um BFDS
DyDa/Flordeliz a 19 de Março de 2011 às 19:54
Muito triste isto Flor.
Muito nos faz pensar a mãe-natureza , ao reduzir-nos ao nosso verdadeiro tamanho e que colocar em cinzas a nossa arrogância.
E uma nota para a dignidade daquele povo tão atingido?
Admirável.
Também estão nas minhas orações.
Abraço
Marta M
Marta M a 19 de Março de 2011 às 17:25
Tenho pensado nisso. Como reagem com valentia perante tamanho cenário de horror. Choram de dor, mas sem acusar o cão o gato e o piriquito...
Não tarda darão a volta por cima. É gente que trabalha mais do que se queixa.
BFDS Marta


DyDa/Flordeliz a 19 de Março de 2011 às 19:51
Podemos dizer não!
Podemos gritar que não queremos!
Podemos ser coerentes nas nossas convicções!
Podemos ser lúcidos e saber o que não queremos!
Porém nunca temos a força necessária para impedir e/ou evitar que utilizem "um bem" (energia nuclear) para fazer "o mal" (a bomba atómica)!
Depois fizeram-se "coisas" sem as devidas precauções que garantissem "um voltar a trás" em caso de emergência.
Quero acreditar que não estamos a caminhar para uma explosão a nível planetário.
Porém, pelo sim pelo não, vou-me inscrever numa viagem para Marte ou mesmo para Saturno.
Excluo Júpiter devido aos gases...

Beijo!
Kok a 27 de Março de 2011 às 15:05
Valha-nos o sentido de humor.
Porque de resto, vamos de mal a pior.
Portugal de tanga e a brincar ao jogo do gato e do rato.
A Líbia com um maluco ou lunático (venha o diabo e escolha o predicado) e com países interessados apenas em petróleo, petróleo...
A Costa do Marfim, até mete dó olhar as imagens.
Na Turquia os jovens dizem: "a Europa não gosta de nós, somos muçulmanos".
O Japão é o que sabe e que se desconfia...
Enfim!

Durante os próximos dias vamos assistir a PORTO...PORTO...PORTO... e vamos esquecer a crise, a Líbia, a Turquia, o Japão e a Costa do Marfim...

Parece que não, até dá jeito.
Fala-se de calhaus arremessados, dos calhaus com olhos, e dos calhaus cegos...
Estarei ressabiada?!

Não acredites. Fico farta da palermice de quem não sabe ganhar e dos que não sabem perder!!!

DyDa/Flordeliz a 4 de Abril de 2011 às 01:23
O homem exagera e quer sempre mais e mais.
Esquecesse é que nada é seguro.
Infelizmente todos sofremos com essa ambição.
Beijinho
geriatriaaminhavida a 15 de Abril de 2011 às 13:53
É verdade amiga, podemos controlar tudo, mas a Natureza não. Tenho muita pena do que aconteceu no Japão, mas na minha opinião o Japão brinca com a Natureza como um jogo e desta vez saiu a perder, e sempre saímos a perder se lutarmos contra ela, já que ela é invencível...

Beijinhos
onda_azul a 30 de Abril de 2011 às 18:57
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Histats.com © 2005-2010 Privacy Policy - Terms Of Use - Powered By Histats
últ. comentários
Sim, muito sinceramente, agora as coisas estão bem...
Não lamentes.Não se perdeu grande coisa.Agora muit...
Lamento que tenhas este blogue abandonado...
É muito mais frequente do que parece este tipo de ...
Olá, bem-vinda.Óbvio que temos de ser cuidadosos. ...
Pois, os acidentes acontecem.BFDS
Nunca ninguém pode dizer que não lhe acontece.Todo...
Totalmente de acordo. Não sou mãe, mas entendo que...
Flor, não quis ser intrometida, mas sabendo que es...
Calma Miilay, não se preocupe eu estou bem. Juro.O...
Amiga, será que se desagregou mesmo???Desejo que a...
Momentos...Agarremos os que são bons, os outros......
Na vida nada é eterno ...Até uma boa música ou um ...
Paciente? Eu de facto vou algumas vezes ao médico....
Amigo, és um paciente.Haja pachorra para aturar as...