a alma da flor
29
Jun 10

Apetece-me morder em alguém. Como não o posso (nem devo) fazer...resolvi dar umas ferroadas aqui que ninguém está por perto.

Este ano, em Janeiro, choveu como se não fosse haver mais amanhã.

Vai daí, a água inundou durante a noite os anexos onde guardávamos o material de jardim, ferramentas e a lenha e "deve" ter sido este, o motivo (ninguém estava lá para contar como foi) para o curto-circuito numa arca congeladora e a coisa pegar fogo (contra-senso – este de água dar lugar a lume).

Só pela manhã fomos alertados pelos vizinhos para chamar os bombeiros e pôr fim ao incêndio (ó coisa mais assustadora acordar com labaredas a lamber as paredes até ao tecto).

A não ser as paredes exteriores , nada se aproveitou e mesmo essas ficaram como os presuntos dos fumeiros caseiros (falo de cor uma vez que pouco ou nada me lembro de os ver, pois em minha casa nunca vi lareira a lenha).

Junho foi o mês combinado com o empreiteiro para se deitar mãos à obra e remendar o bem sinistrado (sim, há pouco dinheiro, mas pelos vistos há muito que fazer e pelo menos este não tem mãos a medir. Ou é bom trabalhador ou então tem uma bela dose de sorte que o acompanha).

Como em qualquer obra, à entrada dos trabalhadores armou-se cá em casa uma tenda de artefactos e afins para o conserto. Tudo seguia na

normalidade e nem me preocupava muito uma vez que a confusão não passava portas adentro.

Acontece que, um nadinha antes da finalização do anexo até à ideia peregrina de pintar o interior da casa foi menos que o queimar da cabeça de um fósforo.

Má ideia, diga-se. Ó ideia maquiavélica (mesmo se necessária). Fazer obras com habitantes e móveis é do pior!!!…

E foi assim, que a minha sossegadinha e limpinha casinha passou a ser fonte de reboliço.

Móveis em debanda. O ar infestado de produtos não aconselháveis à inalação. Braços e pernas pisados. Imprevistos e contra-tempos, muitos…

Solução de recurso : Algumas noites acampados na sala do piso inferior para ninguém intoxicar.

 

Ó ricas costinhas…

Ó melgas sem convite…

Ó impaciência…

 

Da semana prevista para obras já lá vamos quase num mês e eles continuam a pintar. E a pintar!...E a pintar!...

- Ora, obras (...)!

(Isto para não lhe chamar um nome feio, que não fica bem a ninguém, e muito menos a mim que sou rapariga e a escrever tenho a obrigação e sou bem capaz de me controlar).

 

Desde o início que temos cá o senhor pintor. Homem prendado na arte de caiar, atencioso, cumpridor das suas tarefas, mas…

Nunca há bela sem senão!

É lento (ou serei eu apressada?).

Eu e ele somos que nem cão e gato. Eu quero que ele faça mais que o que ele consegue (ou quer) fazer. Logo, os interesses não convergem.

Ele gosta de pesca. Eu, detesto. Não acho piada picar a boca aos peixes, para depois os deixar de novo no rio, de beiços rebentados pelos anzóis, para logo na semana seguinte repetir o “raio” da brincadeira.

 

E depois isto era atenuado se o moçoilo fosse parecido com o da publicidade à Coca-Cola Light…

Mas não!

Não me faz subir a correr as escadas para o ver fazer a pausa do lanche das 16h30. Nem o coração palpita. A não ser de stress de o ver fazer mimos com o rolo na parede.

Passa o dia todo a ouvir rádio (hello!!! tu aí!... a casa é minha, gosto de escolher as músicas).

Já pensei colocar o leitor de cd´s com umas músicas mais mexidas a ver se a coisa acelera.

A minha felicidade é às 18h00. Saber que a casa, mesmo empoeirada e malcheirosa, é só minha e da minha família.

 

Todas estas lamechiches para dizer: Xô! Xô! Xô!

Estou fartaaaaaaaaaaaaaaaaaa de ter a casa em obras! Nuncaaaa mais acabaaaaaaaaaa!!!

 

publicado por DyDa/Flordeliz às 08:00
eu a coca light ainda arranjo ! O pior é o resto ! Boa terça feira !
Rotiv a 29 de Junho de 2010 às 09:21
A pausa das 16h30 arranjo eu...
Já não falta tudo
DyDa/Flordeliz a 29 de Junho de 2010 às 10:38
Bem gostava de a animar, mas e depois das obras? Que trabalheira...! Limpa que limpa e a pojeira aparece outra vez!
Mas vai com calma...
No entanto olha que seria boa ideia... os empreiteiros arranjarem pessoal com uma boa figura, assim nem davamos pelo tempo...
Beijo
Rosinda a 29 de Junho de 2010 às 10:43
Calma?
Pois!

Neste momento oiço uma rebarbadeira que corta tijoleira, mas... mais parece que me corta o cérebro.

A calma vai regressar, antes de eu ficar louca. Espero!

Beijinho
DyDa/Flordeliz a 29 de Junho de 2010 às 18:52
Como te compreendo! Tenho uma casa que também anda em reboliço, mas ao contrário de ti há lá um chefão que põe tudo em polvorosa, em 3 dias pintou-se a casa e se assim não fosse já estava disposto a pôr-lhe uns patins, porque quem queira trabalhar há muito. Felizmente eu estou de fora e só lá vou de vez em quando para ver quando posso arrumar a tralha.
Mal deu para ver se o pintor era estilo coca cola light, mas música estilo Tony Carreira isso havia
Vá tem paciência, pelo menos vais ter a casita bem pintada!

Beijos
Manu
Existe um Olhar a 29 de Junho de 2010 às 15:15
Sabes Manu, quando somos vencidos pelo cansaço?
Pois é!...
Hoje já nem me apetece resmungar.
Quero paz e que isto termine para as minhas coisas irem para cada cantinho e eu saber onde é o meu lugar em casa.
Neste momento sinto-me...meio emprestada aqui.
DyDa/Flordeliz a 29 de Junho de 2010 às 18:47
Acelerada como eu sou, imagino que na tua situação estaria com os nervos em franja! É nestas alturas que tento cultivar(sem grande sucesso) o meu momento zen que consiste em fazer-me de surda e cega... mas não consigo ficar muda, porque não consigo deixar de espingardar...
cloudy a 29 de Junho de 2010 às 17:58
Bem!!!!!!!!!
A obra acabava hoje ás seis da tarde. Acabavaaaaaaaa....
Está cá o pintor, o electricista e mais o construtor...
Só falta juntarem-se os três à esquina a tocar a concertina e eu a dançar uma qualquer dança tribal, daquelas bem loucas e com os cabelos eriçados...

Estou cansada demais para refilar e na verdade eles até estão a tentar acabar, mas...parece que tudo dá torcido. Arre

DyDa/Flordeliz a 29 de Junho de 2010 às 18:44
Ainda bem que depois esclareceste.. é que assim de repente, começamos a ler e ficamos logo a pensar que te apetece morder.. o pintor

Espero que as obras de santa engrácia sejam rápidas e tu lhe sobrevivas.

beijinho
Jorge
Jorge Soares a 29 de Junho de 2010 às 23:38
Tem "xixa" que chegue, mas gosto dela na brasa e bem condimentada.

Pensei que hoje seria o TAL dia. O da despedida, mas...
Ficou um rabo de palha!
Amanhã lá terei o "santinho" a entrar porta dentro.
Descobri hoje que o canário que há dias oiço cantar afinadinho, não é mais nem menos que o "meu pintor". Vê lá tu, ou canta o "cantante", ou canta o moçoilo (assobia).

Ando um pouco para o alucinada. Espero não perder de vez a razão quando me apresentarem a conta.

P.S.: Isto para não falar da minha "Maria" que na sua "rica" pressa já me aviou os cortinados deixando-os colados no ferro.
Parecendo que não: dá menos trabalho se não houver nenhum para pendurar!...

Achas que devo cortar já os pulsos? Ou a ainda mereço sofrer mais um pouco?

DyDa/Flordeliz a 29 de Junho de 2010 às 23:50
Realmente nada pior que ter obras em casa e continuar a viver nela. O ideal seria ir para um hotel até ficar pronta, não era? Imagino, com a crise instalada quem tem dinheiro para isso?
Numa altura, resolvi remodelar a cozinha e como o carpinteiro disse que seriam necessários 4 dias, combinamos ser na altura que iria de ferias. Ou seja quando chegasse estaria tudo pronto. Nada mais errado as obras atrasam sempre!
Resumindo tive de passar a comer fora pois não tinha onde fazer comida. não é que me importasse de fazer isso todos os dias, o problema , são as verbas sempre curtas. Eu desconfio que o empreiteiro tenha pegado noutro trabalho e só depois o meu.
Tive de me aguentar e ficar com o prejuízo !
Reclamei, reclamei, mas não adiantou de nada!

Haja paciência !!!!
geriatriaaminhavida a 30 de Junho de 2010 às 01:48
Pois as obras terminaram ontem. Paguei hoje. E...
E já cá estão de novo
Afinal...
Não estavam completas. Falta tinta e bom gosto no acabamento.
Não terei certamente paz e sossego ainda neste fim-de-semana.
Obrigada pela visita.
Para si
É incrível , pagamos uma fortuna e o trabalho não fica bem feito. Devíamos ter direito a indemnização , não era?
De qualquer maneira que seja um bom fim de semana!
Sem stresses!
Olá, estou a estudar Português e eu aconteceram em seu blog que bom!
grande pene a 15 de Julho de 2010 às 10:00
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Histats.com © 2005-2010 Privacy Policy - Terms Of Use - Powered By Histats
últ. comentários
Sim, muito sinceramente, agora as coisas estão bem...
Não lamentes.Não se perdeu grande coisa.Agora muit...
Lamento que tenhas este blogue abandonado...
É muito mais frequente do que parece este tipo de ...
Olá, bem-vinda.Óbvio que temos de ser cuidadosos. ...
Pois, os acidentes acontecem.BFDS
Nunca ninguém pode dizer que não lhe acontece.Todo...
Totalmente de acordo. Não sou mãe, mas entendo que...
Flor, não quis ser intrometida, mas sabendo que es...
Calma Miilay, não se preocupe eu estou bem. Juro.O...
Amiga, será que se desagregou mesmo???Desejo que a...
Momentos...Agarremos os que são bons, os outros......
Na vida nada é eterno ...Até uma boa música ou um ...
Paciente? Eu de facto vou algumas vezes ao médico....
Amigo, és um paciente.Haja pachorra para aturar as...