a alma da flor
25
Jan 10

Afinal, todos temos direito a ser escutados e a defesa!

 

Video DN

 

Foi com paciência (daquela que não foi usada no balneário para resolver o problema) que escutei o longo discurso,  repetitivo e de conteúdo balofo de quem "meteu a pata na poça" e agora só lhe apetece chorar sobre "leite derramado", já que nada se vai alterar.

 
Depois das críticas ao comportamento do Liedson, da sua falta de respeito pelos adeptos num extenso rol de acusações, vem um elogio e um pedido de apoio ao jogador?
 
Fiquei um pouco baralhada!
 
Aliás, por momentos, e porque segui atentamente o comunicado (tive a impressão de estar a assistir à leitura de uma escritura no notário), deixei-me levar pela expectativa de uma confissão (revelação) final, de que são amigos do peito (de longa data) e que logo a seguir à pancadaria foram beber um chopinho para terminar com o mal-entendido.
 
Defendo (SOU ADEPTA) de que, a falar ou a agir em gabinete e pelas vias legais, a coisa teria sido mais correcta e o desfecho com contornos muito mais suaves. Sem especulações, sem confusões e sem necessidade de demissões.
 

Agora, até me fez lembrar da publicidade «venha ao Pingo-Doce “de Janeiro a Janeiro”», mas não, não foi o caso!...

 

 

(Disseste: 70 dias??? Mas isso é imenso tempo!!!... Vai para mais de dois meses!!!...)

 
Há dias assim! Em que se perde a cabeça e fazemos asneirada.
 
Esperemos que deste género, comecem a ser cada vez mais raros, porque se não… lá se vai o apoio e o carinho de quem ainda se lembra de um miúdo que tinha jeito para dar uns pontapés na bola e fica apenas a lembrança de alguém que gosta de correr tudo à bofetada. 
 
Futebol é difícil. Muito difícil dentro do campo... e sobretudo fora dele.

 

publicado por DyDa/Flordeliz às 22:29
sinto-me: deu-me para reflectir...
Como já aqui referi nada sei de futebol, mas a impressão que tenho é que os jogadores podem passar de um estado de graça para um estado de desgraça, de um momento para o outro. Corre-lhes bem o jogo são os maiores, corre-lhe mal o jogo são umas bestas. Mas quem corre por gosto não cansa!
Milu a 30 de Janeiro de 2010 às 02:57
Como se costuma dizer: Passam de bestiais a bestas em menos do queimar da cabeça de um fósforo.

"Mas quem corre por gosto não cansa!"

Aqui já não podemos estar de acordo!
Eu chegava ao fim das provas (atletismo) mais morta que viva.
Se alguém se lembrasse de me tapar a boca - morria!
Beijinho
DyDa/Flordeliz a 30 de Janeiro de 2010 às 11:17
Beijinho e bom fim de semana...
Rosinda a 30 de Janeiro de 2010 às 21:55
Olá Rosinda!
Tá um pouquinho de frioúú
E o fim-de-semana passa a correr o "maroto".
Beijinho
DyDa/Flordeliz a 30 de Janeiro de 2010 às 23:00
Ainda mais difícil (e feio) é quando o "jogador" se chama Sá Pinto e acha que tudo na vida se resolve com um par de murros! Que o diga Artur Jorge ...

Boa Semana
Beijinhos
Maria a 1 de Fevereiro de 2010 às 11:43
Sim o "quique" era mais giro, muito mais. E nunca veio a público que perdesse tempo com as mãos à bofetada.
Gostos! São gostos! ahahahha
DyDa/Flordeliz a 1 de Fevereiro de 2010 às 12:02
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
20
23
24
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Histats.com © 2005-2010 Privacy Policy - Terms Of Use - Powered By Histats
últ. comentários
Sim, muito sinceramente, agora as coisas estão bem...
Não lamentes.Não se perdeu grande coisa.Agora muit...
Lamento que tenhas este blogue abandonado...
É muito mais frequente do que parece este tipo de ...
Olá, bem-vinda.Óbvio que temos de ser cuidadosos. ...
Pois, os acidentes acontecem.BFDS
Nunca ninguém pode dizer que não lhe acontece.Todo...
Totalmente de acordo. Não sou mãe, mas entendo que...
Flor, não quis ser intrometida, mas sabendo que es...
Calma Miilay, não se preocupe eu estou bem. Juro.O...
Amiga, será que se desagregou mesmo???Desejo que a...
Momentos...Agarremos os que são bons, os outros......
Na vida nada é eterno ...Até uma boa música ou um ...
Paciente? Eu de facto vou algumas vezes ao médico....
Amigo, és um paciente.Haja pachorra para aturar as...